• 1.ª Edição | Segurança do Doente: Comunicação eficaz na prestação de cuidados de saúde no SNS
  • 1.ª Edição | Segurança do Doente: Comunicação eficaz na prestação de cuidados de saúde no SNS


    Carga Horária: 25h

    Enquadramento:

    Os erros de comunicação são das principais causas de eventos adversos na saúde, estimando-se que sejam responsáveis por cerca de 70% do total de eventos.

    A complexidade do tipo de informação a ser transmitida, os meios de comunicação adotados e as características dos vários interlocutores, têm impacto na eficiência da transmissão/recessão da informação. Por conseguinte, a diminuição do erro e a consequente redução da morbilidade/mortalidade associada aos cuidados de saúde, está fortemente relacionada com a integração do doente no seu próprio processo de cuidados e no aumento da qualidade da transferência de informação.

    Este curso procura conjugar os principais temas abordados nos dois cursos anteriores relativos a esta temática, como sendo, os problemas da comunicação em saúde, da identificação do doente e algumas estratégias para a sua prevenção. Será especificamente trabalhada a comunicação entre profissionais de saúde e entre estes e o doente.

    Objetivos:

    Esta atividade formativa visa promover as competências comunicacionais dos/as profissionais de saúde, de forma a aumentar a segurança dos cuidados. Assim, pretende-se que até ao final do curso os/as formandos/as adquiram conhecimentos e competências essenciais, que lhes possibilitem:

    • Compreender a complexidade da comunicação na área da saúde;
    • Reconhecer a importância da identificação positiva do doente;
    • Identificar os momentos críticos da comunicação em saúde;
    • Integrar conceitos relativos à comunicação;
    • Adotar metodologias eficientes de transferência de informação;
    • Treinar a aplicação de estratégias eficientes na identificação e comunicação com o doente.

    Condições de inscrição:

    Os/as candidatos/as devem ter qualificação de nível superior na área da saúde e desempenhar funções no âmbito da prestação de cuidados.

    As inscrições serão consideradas por ordem de chegada com o limite de 01 colaborador/a por instituição.

    Vagas disponíveis no âmbito dos protocolos celebrados com as entidades do SNS/MS:

    25 vagas, sendo que cada entidade não poderá inscrever mais do que 1 colaborador/a.

    Requisitos para emissão de certificado:

    A emissão do Certificado de Formação Profissional, através da Plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa), depende de:

    • Assistência obrigatória mínima de 100% da totalidade do n.º de horas síncronas;
    • Realização da totalidade do percurso de autoestudo na plataforma de formação à distância;
    • Realização do exercício de avaliação final e/ou exercícios propostos, com aproveitamento.

    Será emitida uma declaração de frequência aos/às participantes que tenham assistido a 4 das sessões e concluído o percurso de autoestudo, ainda que não realizem a avaliação final.

    Formato
    Inscrições
    Data limite de inscrição: 13/02/2024
    Destinatários
    Colaboradores/as de Entidades do SNS e/ou Tuteladas pelo Ministério da Saúde, designadamente, mediante celebração de protocolo.

    SPMS Lisboa e Online
    27 fev - 22 mar de 2024